Arquivo mensal setembro 2019

Adão Jorge Teixeira Borges
Adão Peixoto Pohlmann
Airton Bairon Marques Sakis
Aladia Gimenes do Nascimento
Alceu Santiago Schimit
Alexandre Borges Falcão
Alexandre Verran Costa Leite
Ana Maria Martins dos Santos
Analia Terezinha Falavena Machado
Angela Cristina Vizorek Cezar
Antonio Mario Ferreira
Ari Alves da Silva
Ari Deomar Cimek
Ari Gomes Bonifácio
Armindo Scheifler Fraga
Benhur Marchiori
Beno Schaffazick
Bento Manoel Rodrigues
Bernardo Menezes da Rocha
Caio Jose Garcez Nacul de Andrade
Caio Marcionilo Fonseca Brasil
Carla Rosana da Silva Jung
Carlos Alberto Rousselet
Carlos Augusto Vasques da Silva
Carlos Eugenio Jannes da Motta
Carmen Bonetti Rissi
Celina Lemes Sodre Silva
Claudio José Cordeiro Oliva
Claudio Luis Farias da Fontoura
Claudio Luis Ribeiro Marcelino
Clóvis Nei Gomes Xavier
Daltro Jorge Wengartner Mariante
Edison Alberto Barbosa Vargas
Eli Soterio Moreira Ferreira
Elida Cristina Buaes Soletti
Elisa Figueiredo Jaeger
Elmo José Anflor
Eraldo Jose Ferreira
Eurydes Bairros Silva
Eva Maria de Andrade
Evaldo Salvador Rocha dos Santos
Fabio Teixeira da Cunha
Felipe Neri Jalmusny
Fermino Garcia da Rosa
Fernando Roehe
Flavio da Costa Silva
Gecy Luiz Pereira
Gedy Antunes Borges
Gerson Guilherme Mendes Dias
Gessy da Paz Gomes
Getulio Braz Tusi Perazolo
Gilberto Oliveira da Silva
Helena Regina Moreira Belleza
Helio Toribio Schimit
Itamar Farias
Ivo Amaro dos Santos
Ivo Fuchs
Jesus Carlos Telles
João Breno Malerba
João Francisco Ribeiro
João Henrique Brunner Meleu
Jorge Luis Laurindo da Rosa
Jorge Luiz da Silva II
Jorge Sant Anna
Jorge Venturini
Jose Almiro Viegas Telles
José Cláudio Freitas Conceição
José Lopes dos Reis
Julio Cesar Oliveira Marques
Julio Rosa da Silva Filho
Lia Rejane Caetano da Silva
Lindolfo Francisco Martins Ferreira
Luis Carlos Ceconelo de Almeida
Luis Rogerio Carvalho de Lima
Luiz Alberto da Silva Barbosa
Luiz Alberto Pacheco da Costa
Luiz Carlos Kluge
Luiz Carlos Paim da Rosa
Luiz Fernando Mota Malheiros
Luiz Renato Lacava
Luiza Francisca Calistro
Maceu Duarte Neto
Marco Antonio Carvalho da Cunha
Marco Antonio Fagundes
Marcos Rogerio Ribeiro
Maria Enedina Lima de Oliveira
Maria Marliza Coreti dos Santos Reis
Mario Claudio Schneider Marcelino
Mario Isaias Tolotti
Nadia Enedina Ramos Rios
Nairo da Costa Machado
Nelson da Silva Carneiro
Nelson Soares de Oliveira
Neusa Terezinha Marques Vieira
Oara Benites Borges
Osmar Guterres dos Santos
Osvaldina Tressino Guimarães
Paraguaçu Soares Neves
Paulo Linck de Souza
Paulo Ricardo dos Santos Silva
Pedro Alberto Petry
Raimundo Carlos de Oliveira Biazeto
Reinaldo Correa dos Santos
Reinaldo dos Santos Venturini
Renata Becker
Renato Alveni Soares
Rene da Rocha
Roberto Rosa da Silva
Rogerio Coelho Orviedo
Rogerio Mendes Bilhalva
Ronald Luz Ramos
Rosalba Mirian Santos
Saionara Caetano dos Santos
Santo Marcionilio Teixeira Gomes
Sergio Braga
Vanderlei Rodrigues Rubim
Vitor Hugo dos Santos
Walmir Reis da Silva
Wanderley dos Santos Maia
Wilson Dalbem Stropper
Zoraide Paquilin Polesso

A velha conhecida catapora, ou varicela, entra em época de surto no fim do inverno e vai até o início da primavera. A doença é infecciosa viral, altamente contagiosa causada pelo vírus Varicella-zóster e o diagnóstico é clínico, ou seja, pode ser feito por meio da história da doença e exame físico do paciente. Seu diferencial? Algumas pequenas bolhas, manchas e crostas vermelhas que surgem na pele. É altamente transmissível pelo contato com o líquido das erupções cutâneas, pela tosse, espirro, saliva ou por objetos contaminados pelo vírus.

A principal forma de evitar a doença é com a vacinação. A doença pode ocorrer em qualquer idade, mas é conhecida por ser uma doença comum na infância. Normalmente, temos contato com a catapora na primeira década de vida, sendo mais comum até o quinto ano de vida. As crianças menores, principalmente abaixo de 2 anos, assim como idosos e gestantes, são consideradas grupos de risco para complicações pela varicela. É nesta faixa etária que temos mais complicação e óbitos.

Deve-se afastar a criança da creche ou escola por cerca de 7 dias, a partir do início do aparecimento das manchas vermelhas no corpo.

O risco de manipular (coçar) as feridas é a infecção secundária das lesões por bactérias. Essa é uma das complicações mais comuns da varicela. Principalmente em criança menores, onde manter uma higiene nas mãos pode ser um pouco mais complicado.

No tratamento, em geral, são utilizados medicamentos específicos recomendados pelo médico para aliviar a coceira, a dor de cabeça e diminuir a febre. Os cuidados de higiene são muito importantes e devem ser feitos apenas com água e sabão. Para diminuir a coceira, o ideal é fazer compressa de água fria. As vesículas não devem ser coçadas e as crostas não devem ser retiradas.

Fonte: Clic ZH